Rondônia, terça-feira, 14 de julho de 2020
 
 

MARIO PORTUGUÊS CULPA MARQUETEIROS E ASSESSORES POR DERROTA | Imagemnews.com.br Agência Imagemnews - Jornal Eletrônico, Notícias de Rondônia e Região MARIO PORTUGUÊS CULPA MARQUETEIROS E ASSESSORES POR DERROTA
9/10/2012 - 10:49 - ( Polícia )

Visivelmente irritado com o resultado das urnas, que o colocou em quarto lugar na disputa pela prefeitura de Porto Velho, o empresário Mario Português (PPS), soltou o verbo e disse em alto e bom som que a culpa por sua derrota é de seus marqueteiros, de seus assessores e coordenadores de campanha.

Foto: Eliênio Nascimento/Ag. Imagem News
Foto: Eliênio Nascimento/Ag. Imagem News
Mario Português na fila para votar no domingo; insinuou até que assessores o tenham roubado

A declaração foi dada durante coletiva prestigiada por meia dúzia de bajuladores e alguns poucos veículos de imprensa, na tarde desta segunda-feira (08), em um hotel da cidade. Ele não se conteve e decidiu “lavar a roupa suja” na frente de jornalistas.

“Meu marketing falhou e falhou muito. Nunca havia sido político e eu precisava ser melhor orientado, mas não foi isso que aconteceu e eu acabei sendo derrotado”, declarou. 

Português disse textualmente que pagou R$ 2,5 milhões aos marqueteiros e reclamou do trabalho da equipe. “Eu sofria ataques e ninguém respondia. Acertava uma coisa e ninguém fazia como o combinado”.

Presente à coletiva, um dos marqueteiros interpelou o candidato derrotado e disse com o dedo em riste: “aqui não é o local pra esse tipo de conversa. O senhor está errado e não tem o direito de falar essas bobagens”. O Português retrucou e o assessor se retirou da sala, deixando um clima ainda pior.

Ao jogar a culpa em sua equipe, Mario tenta se eximir de suas responsabilidades, enquanto candidato. Foi ele quem declarou que Porto Velho “é uma favela completa”, durante debate na Uniron, gerando um aumento considerável em sua rejeição. Em suas reuniões e encontros, o candidato quase sempre cometia deslizes em sua fala, por seu jeito “duro” de apresentar suas opiniões.

Mas, para o milionário candidato ele fez tudo certo e o resultado não veio como ele esperava e a culpa recaiu para os profissionais diretamente envolvidos em sua campanha, que diga-se de passagem foi a mais vistosa, a mais bem apanhada e que conseguia, pelo menos no vídeo, suavizar a sua imagem de gerentão. 

O candidato derrotado anunciou que não irá apoiar ninguém no segundo turno, o que de certa forma deve ter deixado os dois adversários Lindomar Garçom (PV) e Mauro Nazif (PSB) aliviados, já que o Português foi o candidato mais rejeitado pelo eleitorado, segundo as pesquisas eleitorais.

Seguindo seu estilo ditatorial, o empresário anunciou que vai continuar na política, que está aprendendo a ser político e disse que a receita para se tornar um bom político “é ser hipócrita e demagogo”. Ele apontou o ex-deputado federal Agnaldo Muniz (PSC), presente á coletiva, como um aliado de primeira hora e seu “guru” político.

Para finalizar, Mario Português anunciou que deverá tomar o controle do PPS, hoje comandado pelo ex-governador João Cahulla e fará a maior campanha de filiação, para fortalecer o partido para as próximas eleições. 

“O futuro só Deus sabe. Mas posso ser candidato a deputado e até a governador nas próximas eleições”.

Fonte : Imagem News    Autor : Imagem News

 
 
Nome :
E-mail :
Comentários :

 

Digite o código ao lado :
Code Image - Please contact webmaster if you have problems seeing this image code Mostrar outro código

 

 
Existem ( 0 ) Comentário(s)

 
 
Nome :

E-mail* :

Cadastrar Remover


Nosso Telefone : (69) 3229-0355 / (69) 8402-4833 E-mail : [email protected]
Endereço: R. Joaquim Nabuco, 2507 sala 16 Bairro: centro Cidade : Porto Velho - Rondônia